Recent Posts
Featured Posts

O Tenebroso


As Aventuras do Bigu

(Estória do Concurso de Verão 2016)

Era uma vez, um menino, chamado Bigu, que tinha uns amigos muito estranhos, ou melhor, muito especiais, que viviam em seu quarto, dentro da gaveta de pijamas:

O MosKeta & o Kome-Meias

Bigu, ainda muito pequeno, não sabia nem falar, só arregalava seus olhos pretinhos como jabuticabas e fazia um bico, como o de um assobio, mas só saia um chiado: “uuuufffffssssxxx”

E foi assim que fez, quando fuçando nas suas gavetas, que adorava abrir e fechar, abrir e fechar... , um belo dia, deu de cara com o MosKeta, e depois mais tarde, apareceu o Kome-Meias.

MosKeta, é um mosquito agitado, comprido, todo listrado colorido, que sempre buzina nos ouvidos do Bigu para brincar, assim: “Bzzzzz!!!”

E quem é esse tal de Kome-Meias? (você deve estar perguntando, não é?)

Ora bolas, você nem imagina?

Pergunte para quem lava suas roupas, se algumas meias não desaparecem na máquina de lavar, deixando muitas meias sem seus pares.

Para aonde você acha que vão as meias que somem na máquina?

Bigu descobriu que as meias se perdem com o sabão, e viram o Kome-Meias. Elas vão se enrolando, crescendo, crescendo... e quando o Kome-Meias está bem gordinho, ele ainda faz um túnel com as próprias meias, que não cabem mais na sua pança.

O túnel de meias é mágico e passa bem escondidinho, no fundo da gaveta do MosKeta.

É por esse túnel que o Kome-Meias, usando seus poderes mágicos das meias cheirosas, sacode seus braços e pernas de meias e leva os amigos para passear pelo túnel a dentro, até chegar no...

Ahhhh!!!! Isso você só conseguirá saber se acreditar mesmo em magia e se seguir o Menino Bigu nas suas aventuras.

Parece um sonho, não?

Porém, nessa última aventura pelo túnel de meias, aconteceu um probleminha... para falar a verdade, sem assustá-lo, um problemão!!!!!!

E por isso, Bigu e seus amigos precisam da sua ajuda. Você está preparado?

O Menino Bigu, que agora já tem 7 anos, estava em seu quarto, pronto para ir à Feijoada* com seus pais, quando ouviu o MosKeta buzinar dentro da gaveta:

- Bzzzzzzz... - E foi ver o que estava acontecendo.

Logo, encontrou o Kome-Meias, todo enrolado em suas meias (parecia um Sheik** maluco do deserto). Bigu não teve tempo de perguntar o que estava acontecendo, porque imediatamente o Kome-Meias usou os poderes das meias, chacoalhou as pernas e os braços e levou o Bigu, para dentro da gaveta.

- Bigu – gritou MosKeta - aperte os cintos... ops, quero dizer, as meias, porque temos uma missão importante...Antes que...Bzzzz...

Bigu nem teve tempo de saber o que era a missão, arregalou os olhos, fez aquele bico engraçado e saiu finalmente ... um assobio: “fiuuuu”.

E quando percebeu, já estava escorregando pelo túnel encantado. O caminho pelo túnel era todo colorido, perfumado e macio, feito das meias enroladas. Haviam curvas, subidas e descidas alucinantes.

Mas de repente: “Poing… Toing… Tung!” Bigu, MosKeta e Kome-Meias foram parar em almofadas mais macias ainda, e quando olharam, estavam à frente de um enorme portão que tinha uma placa: “Jardim do PeKi - o nosso Kintal”

O portão do Jardim se abriu. Logo se fechou, com toda a força de um vento feroz e muito fedorento; parecia mesmo....um puuuuuuummm….., pum de um gigante!!!!!!

Os três começaram a tossir e não enxergavam mais nada. O Kome-Meias, abraçou o Bigu e o MosKeta com todos seus braços e pernas de meias, e quando passou o temporal mal-cheiroso, o portão tinha virado uma montanha de lama.

- O que aconteceu? - murmurou o Bigu, tremendo de medo.

Apesar da sujeira por toda parte, dava para ver a carinha do Kome-Meias branca, pálida. Ainda bem que ele tinha conseguido abraçar seus amigos com as meias cheirosas, e protegê-los da lama fedorenta.

O Kome-Meias então respondeu:

- Era isso que eu temia, Bigu. Eu nunca toquei nesse assunto antes, porque achei que o mal tivesse desaparecido, mas não… Ele voltou!

- O TENEBROSO...

- TaKa-Lama!!!!

São Paulo, 2015/ Manu e Rafa Simone Pereira #FriendsOfPeki #AmigosDoPeki- desenhando nossos heróis e vilão

- Agora, não dá tempo para eu contar tudo. Temos que primeiro, arrumar um jeito de sairmos daqui, e bolar um plano para combater o Taka-Lama, porque ele quer sujar nossas águas – explicou apavorado o Kome-Meias

- Temos que proteger a Grande Cachoeira!

- Ou ele vai acabar, com tudo! Porque sem água limpa, não dá para viver!!!!

- Fiquem enroladinhos aí nas minhas meias! Vou usar meus poderes para formar uma grande bola e rolar até a caverna mais próxima, assim nos escondemos do Tenebroso - explicou o Kome-Meias, energizado para elaborar um plano de salvação!

Os três amiguinhos, Bigu, MosKeta e Kome-Meias, se enrolaram como um gigante tatu-bola*** e rolaram até cairem em uma caverna.

O Kome-Meias arrancou as meias sujas e começou a contar como apareceu o Taka-Lama:

- Bigu, sabe que sou feito de meias, não sabe? Sou as meias limpas que saem da máquina pelo túnel mágico. Acontece que algumas meias não querem tomar banho de jeito nenhum, e fogem pelo túnel antes do banho.

- Mas o que as meias fujonas não sabiam, é que iriam ficar tão fedorentas com os chulés acumulados.

- O pior é que essas meias fedorentas também foram se juntando, se juntando e agora, existe o grande sujador de tudo: o TaKa Lama!!!!. Ele é feito de tantas meias sujas, que ao mover os braços e pernas, solta essa lama de fedô que vocês viram e da qual sentiram o mal cheiro! Essa lama polui a natureza!!!

- Vocês não viram como ficou a entrada do Jardim Peki?"

- Eu vi mesmo, que as flores todas morreram e os pássaros que estavam voando pelo jardim cairam no chão – falou o Bigu baixinho e perguntou:

- Kome-Meias, por que ele quer sujarr tudo?

- Por que ele tem raiva por ter ficado tão fedorento de chulés, que agora quer que tudo fique assim, igual à ele.

- E se não fossem as meias cheirosas do Kome... nós também não teríamos sobrevivido! - disse o MosKeta, pela primeira vez com cara seria.

- E o pior ainda está por vir... Ele quer chegar aos lagos, rios e na Cachoeira Grande! – contou o Kome-Meias.

- Então, vamos acabar logo com ele! - falou o MosKeta, estridente.

- Mas como? Se não dá nem para chegar perto dele, com aquele cheiro horroroso - perguntou o Bigu.

- Eu já sei como - disse o Mosketa - A única coisa que pode combater o TaKa Lama é:

"l_ m _ _ _ a."

"Taca Limpeza" Manu Simone Pereira

- Temos que juntar todos os bichos da floresta para fazer uma armadilha****. – o Bigu deu essa ideia.

Nesse mesmo instante, apareceu uma flecha de luz dentro da caverna e quando chegou mais perto...

Adivinha o que era? Quem eram?

Os primos iluminados do Mosketa, os Vaga-Lumes!!!!

(Vocês já viram algum? – Eles devem estar voando por aí nesse verão, e ainda vão aparecer nas outras aventuras com o Menino Bigu).

Eles piscavam sem parar, para se comunicarem com o primo, o MosKeta. Ainda bem que eles chegaram com os “pisca-piscas”, para iluminar a caverna.

- Bzzzzzzzzzzzz!!! - exclamou o Mosketa, muito impaciente!

- Eles estão dizendo que o TaKa já chegou no Rio que passa pela cidade de Mariana, e poluiu tudo por lá.

E agora? O que vamos fazer para salvar a Grande Cachoeira e a Natureza?

- Será que existe um Super-Herói, mais forte e esperto para impedir o Taka-Lama do mal? – sugeriu o Bigu.

E será que você tem um plano para pegar o TaKa-Lama?

Aproveitem muito suas férias e quando estiverem inspirados, pense no seu plano, desenho ou o que quiser fazer pelas nossas aguas.

Um beijo especial do Peki (Tia Vanessa Kikiiiii)

"Aguita" Sofie Lamont/Tribeca

_______________________________________________________________

* almoço brasileiro tradicional aos sábados

** homem Arabe importante que usa turbantes e andam `a camelo pelo deserto

*** uma espécie de tatu encontrado no Brasil, Paraguai, Bolívia e Argentina e que são bem pequenos e podem de se enrolar, adquirindo o formato de uma bola

**** engenho para atrair e prender certos animais; serve para enganar outrem a cair

"Limpa Tudo" Oliver Ast/ Peki Tribeca Green


Follow Us
Search By Tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square